• Escola, Alunos e Família

Lidar com comportamentos difíceis - "Não consigo fazer nada sem que o meu filho interrompa"

Um dos maiores desafios da parentalidade é lidar com comportamentos difíceis dos filhos. Estes comportantamentos podem ter um grande impacto na dinâmica famíliar, na medida em que são potenciadores de stress para as crianças e para os pais (enquanto pais e enquanto casal).

Muitos pais descrevem dificuldades em fazer determinadas tarefas, tais como falar ao telefone ou fazer o jantar, sem serem interrompidos pelos filhos. Outros descrevem que os filhos necessitam de orientação constante em tarefas escolares, motivo pelo qual não conseguem fazer mais nada a não ser dar apoio escolar.

Seguem-se algumas estratégias para ensinar as crianças a comportarem-se adequadamente quando os pais estão ocupados, partindo da premissa base de que, devemos sempre reforçar um comportamento adequado se queremos que este se repita.


1. Prepare o seu filho para o que vai acontecer: Antes de começar uma tarefa (ler o jornal, falar ao telefone, fazer o jantar) dê ao seu filho uma instrução direta, que deve conter dois passos: o que a criança deverá ficar a fazer durante esse tempo e que não o deve interromper. Tire um momento ao que está a fazer e veja se a criança se está a comportar adequadamente. Se não estiver NÃO lhe dê a sua atenção nessa altura. Se a criança estiver a portar-se bem, então retire 15 a 20 segundos ao que está a fazer e vá até junto dela. Se estiver ao telefone peça à outra pessoa para esperar um momento. Você faria o mesmo se a criança estivesse a comportar-se de modo inaceitável, por isso mais facilmente o fará se a criança se estiver a comportar adequadamente.


2. Elogie comportamentos desejados: Vá até ao pé da criança e dê-lhe a sua atenção e elogie-a por NÃO INCOMODAR. Pode dizer, por exemplo: "Gosto muito quando não me interrompes quando eu estou a ____.""A mãe (pai) gosta muito quando brincas sossegado enquanto eu estou a _______." Relembre-lhe também que deverá continuar o que está a fazer e não o interromper.


3. Volte depois à sua atividade e vá reforçando: Inicialmente você deve interromper o que está a fazer periodicamente para ir elogiar a criança por não o incomodar.


4. Aumente o intervalo do reforço: vá aumentanto o intervalo de tempo das suas visitas à criança. Quando começa, pode estar a elogiar a criança cada 3 ou 4 minutos. No dia seguinte, pode começar a dar-lhe atenção cada 6 ou 7 minutos. Depois cada 10 minutos. Aumentando o intervalo das visitas lenta e progressivamente, você pode conseguir que ela brinque em sossego enquanto está ocupado, por 30 ou 45 minutos.


5. Dirija a atenção para o comportamento desejado: Se tem mais do que uma criança que o interrompe enquanto está ocupado, procure a criança que não o incomoda dê-lhe a sua atenção e ignore as outras. Isto mostra claramente às outras crianças o tipo de comportamento que devem apresentar para obter a sua atenção - bom comportamento.




42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo